quarta-feira, janeiro 06, 2010

Juliana.

Juliana não sabe que a conheço.
Juliana não tem controle de si própria.
Juliana ainda tem que aprender muito.
Codinome.
Juliana deveria ter comemorado o natal.
Juliana não é mais a mesma.
Braçadas no mar revolto não adiantará.
Ruínas em terra firme não encontrará;
Única escapatória é não procurar a se encontrar.
Não que a vida tenha acabado...
Apenas começou te ensinar.

4 comentários:

Bandys disse...

A vida sempre ensina..

Adorei sua visita.

beijos meus

Pâmella Ferrari disse...

Só não vendo meu corpo, meu bem!
UAHUAHAUHAHAUHA que perfume você quer?

ticoético disse...

Caramba,este texto é muito legal,no início lembra um sabinha em tom de poesia,já no final,lembra uma música mais lenta,já em tom de poema,obrigado por me visitar e proporcionar-me a visão de mais um blog de qualitá,enfim,belo.
abraço !
ps:prometo visitar teus outros blogs (:

A Moni. disse...

Eu acho que Juliana vai encontrar o caminho certo...

Beijos