sábado, agosto 29, 2009

Que seja!

Quando puder procure em você o seu ponto fraco. E só assim descobrira quem é teu equilíbrio.
Quando não me surpreendi com as falhas, soltei o fardo.

Quando não chorei com a falta, sorri sozinha.
Quando sofri com a distancia, lembrei da presença.
Quando faltou o abraço, lembrei do conforto.
Quando o silencio tomou conta da voz, prevaleci em silencio maior;

Não pude se quer respirar, a voz polui o pensamento.
Quando não pude mais ser quem sou, deixei que fossem o que eu queria ser.
Foram super-heróis, foram astronautas, foram médicos, foram o mar.
Foi-se o céu, foi-se o sol, foi-se quem foi, foi e não voltou mais a ser.
Foi quem foi! Foram quem queriam ser.
E eu?! Eu não fui... Eu fiquei!
Fiquei a ser quem sou. E serei o que for...Que seja!

6 comentários:

Daniela Filipini disse...

Que lindo isso, lindo *-*

Lud disse...

Muito lindo...
;)

O Profeta disse...

Troquei as voltas a um Golfinho feliz
Afagei a cria de uma Baleia azul
Confundi uma nuvem com ilha encantada
Perdi-me na rota entre o Norte e o Sul

Aprisionei o olhar de uma gaivota
Enchi a alma com penas de imensa leveza
Enchi o coração de doce maresia
Adormeci nos braços da incerteza

Vem viajar comigo no meu barco de papel


Bom domingo

Doce beijo

Neutron Neuron disse...

bem que gosto.

mas fora isso, cade a foto da sua tattoo nova? (:

Ellis Tavares disse...

Ah adorei isso aqui.
Parabéns

Adrielly Soares disse...

ADOREI o texto, e amei a foto do layout do blog.
Tá lindo.