sábado, setembro 25, 2010

Recomeçando a nossa velha história

Nós dois somos como aquele rádio que a gente desligou bem no horário político. Foi bem rápido, corremos e desligamos na hora certa. Exatamente na parte em que já estávamos exaustos. Só que quando ligamos mudamos a freqüência, e aumentamos o volume. E agora vai. Agora está agradável!

Não sei se eu sou sonhadora de mais, ou então descobri mais uma vez o quanto eu amo você. Eu gosto de você aqui, dividindo o mesmo ar comigo, o mesmo espaço, o mesmo cômodo. A mesma historia, os mesmos planos. O mesmo lençol. A mesma vida.

“É”, lembrando quando eu falava que ERA? Então, é! Desde o começo é, desde sempre é. Sempre foi. Eu quis te mostrar que era, o que era, quanto era. E tentei, acho que até consigo. Ainda sou a mesma menina, que fica boba com você, que treme todas as vezes que te vê, mesmo que seja de manhazinha, quando acordamos com a cara amassada, e você vem me dar bom dia, com o sorriso mais lindo do mundo. Ou quando me acorda cheio de mimos, ou quando te acordo pra te mimar. Pra te cuidar. Pra ter você.

Você é a mistura do eu com o meu querer. Do eu com o meu vicio. Do meu eu com os meus sonhos. É o ciúme que eu aturo, é a paz que eu preciso, é o aconchego que me faz bem. É, e é. É as mil e trezentas e quarenta e três afirmações. Você é minha raiva, meu ciúme, meu sorriso, minha briga, meu mal, meu bem.

Eu só sei que você trouxe junto com você a minha felicidade de volta em uma caixinha cheia de coisas boas. Acho que você deve estar imaginando a minha cara agora. E não é diferente. Deixa eu traduzir pra você qual é: é aquela de quando eu te abraço e fico te olhando por uns minutinhos até você fazer uma piadinha. E também aquela que depois da piadinha faz manha, e deita no seu peito, e te abraça. É aquela de apaixonada. De feliz. De nós.

Só tenho mais uma coisa pra falar: fica mais um pouco aqui, dez anos, vinte, setenta, sei lá.

“Que cada ano que passei sem você, me traga mais dez ao seu lado”

3 comentários:

Isa G. disse...

Tem selo pra você no meu blog :)
http://amargo-emeio.blogspot.com/

camila souza. disse...

adoreii a ultima frase ahaso

Sara disse...

E pra comentar nada como o bom projota né? Ficou lindo o texto!