terça-feira, março 09, 2010

mi manchi.

Ele de fato já havia esquecido o quanto era bom ter a presença dela.
Mas quando re-descobriu, nasceu-lhe uma flor no olhar.
Desabrochando pétala por pétala, seus olhos eram como luzes incandescentes.
Vi sua mão tremer, e seus ombros relaxarem.
Seu sorriso se escondendo.Com medo que eu o acha-se. Com medo que eu o descobrisse. Com medo que eu lhe desvendasse.
Aquelas flores em meio a diamantes negros se fechavam em câmera lenta.
Sua personalidade é bipolar. Ou és de meu cargo não te desvendar.
Nunca sei ao menos o que pensar. Alias, quem sabe? Seu dia é alternado a bipolaridade, e a forma de me tratar.
Onde é que eu acho segurança? Em uma mesa de bar?
Acho segurança quando me dedica um sorriso de criança de ponta a ponta com toda sinceridade do mundo.
Vejo cenas nos meus sonhos que me impedem de acordar. Acordada sonho e, contudo, ainda não consigo acordar.
A esperança é de que o instinto seja mais intuitivo dos que me atribui.
O ar havia mudado de cheiro. Era o cheiro da nova estação. Que por ali ele ainda não havia passado.
Mas ele se foi sozinho, mais uma vez. Ninguém pôde perceber se ele olhou para trás.
E o que passou em sua mente é o grande mistério. Deve haver pudor de sua parte para que ele não diga o que pensa. E o poder de persuasão não funcionou mais uma vez, pelo menos não com ele.



Mas ainda assim, vi brotar flores no seu olhar.
E da saudade que senti... tenho flores para guardar.

8 comentários:

Larissa disse...

Não tenho nem palavras para descrever o que acabei de ler. Paula, tuas palavras foram maravilhosas! Só pude respirar ao fim deste. Belíssimo.
E por isso, a falta do que falar, rs.

Beijos.

Bela Lima disse...

Muito, muito lindo o texto!
Lembrei-me de um certo sorriso que me traz segurança também.. mas ele está bem longe =/

Paula Teles disse...

Nossa você escreve super bem,perfeito seu texto. Amei seu blog ja estou te seguindo e voltarei sempre ;*

ticoético disse...

isso é poesia,algo superior a escrita normal,adorei,enfim,bela.
abraço !

Daniela Filipini disse...

Lindo demaiis!

camila souza. disse...

sumiu 0o

Daniela Filipini disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Geraldo de Barros disse...

Paula, gostei muito do texto, parabéns!

=)